Acompanhe ao vivo a sua rádio

Combate à pichação. Rosto da Cidade busca revitalizar e preservar o nosso centro - 12.12.2018

Palco do lançamento do programa Rosto da Cidade, a Igreja do Rosário, no Largo da Ordem, também foi o local do primeiro teste da resina antipichação que será aplicada nos prédios históricos da região central da cidade. A igreja recebeu o produto no último dia 21 de novembro e teve a sua primeira ação de despiche concluída nesta quarta-feira (12/12), pela manhã.

O trabalho, realizado desde terça-feira (11/12), removeu toda a pichação feita no último fim de semana. E faz parte do sistema de preservação das fachadas do patrimônio histórico que está sendo executado dentro do programa Rosto da Cidade.

A organização desta ação é da Secretaria do Meio Ambiente em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba (FCC). A remoção foi feita com ajuda da Associação dos Condomínios Garantidos do Brasil (ACGB), uma instituição que promove voluntariamente ações de manutenção de calçadas, limpeza e despiche de fachadas, entre outras ações.

Sobre o produto, o diretor do Departamento de Parques e Praças da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Jean Brasil, diz que a vantagem é a rapidez com que se consegue apagar as marcas do vandalismo. “Com essa proteção sobre a pintura, como pudemos confirmar, não existe a necessidade de repintar”, explicou.

O Programa Rosto da Cidade terá seis etapas e envolve melhorias de prédios públicos e privados de interesse histórico e melhorias na acessibilidade, paisagismo e iluminação pública. O programa é desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA), a Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e a Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP).

 

Na sua primeira fase o projeto prevê a recuperação de fachadas e a aplicação de tinta antipichação em 14 edifícios públicos de interesse de preservação. A segunda etapa compreende o Largo da Ordem, desde a Rua João Manoel (Praça João Cândido) até a Rua Barão do Serro Azul e a Rua São Francisco, desde a Rua Barão do Serro Azul até a Rua Presidente Farias.

A recuperação do pavimento da Rua São Francisco integra o projeto e deve ter início no primeiro trimestre do ano que vem.

A terceira etapa envolve as Praças Tiradentes, Borges de Macedo e Generoso Marques; a quarta etapa o eixo entre as Ruas Barão do Rio Branco e Riachuelo, a quinta fase a Rua Trajano Reis, desde o Setor Histórico até a Praça do Gaúcho, e a sexta etapa a Rua Voluntários da Pátria e as praças Osório e Rui Barbosa.

Adesão

Os proprietários de imóveis interessados em fazer parte do programa deverão fazer o cadastro no site www.curitiba.pr.gov.br/rostodacidade e protocolar o termo de adesão na Prefeitura, no núcleo da Secretaria Municipal do Meio Ambiente na Rua da Cidadania da Matriz ou na sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, na Avenida Manoel Ribas, 2727, Mercês.

Vale lembrar que pichação é crime e a população pode ajudar a coibir as ações por meio de denúncias via Central 153, da Guarda Municipal.

 

 

 

Contatos

Telefone: 41 3086.0957

Email: ouvinte@95fmcuritiba.com.br

Redes sociais