Acompanhe ao vivo a sua rádio

Educação CMEI Atuba é o primeiro da rede municipal a receber selo da Unesco - 13.09.2018

O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Atuba, no Bairro Alto, será a primeira unidade da rede pública de Curitiba a receber o selo da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) como unidade associada à organização internacional.

A conquista é graças a um projeto de inclusão que levou, em 2017, crianças do pré II do CMEI para conhecer e interagir com crianças de uma escola de educação especial. O objetivo, nas palavras da diretora Jaqueline Jordão, foi mostrar que todo mundo é igual. “Eles brincam com os mesmos brinquedos e nos mesmos espaços, são crianças, são iguais”, disse a diretora.

A entrega do selo será feita durante o Encontro Nacional do Programa de Escolas Associadas da Unesco, que será realizado em Salvador, na Bahia.

A diretora conta que a ideia era aproximar os pequenos do CMEI da realidade de uma unidade de educação especial. “O projeto foi desenvolvido com muito carinho. Pesquisamos bastante para fazer tudo de uma maneira tranquila, que respeitasse todos os envolvidos, pois chegar com uma turma de 32 crianças em uma escola já cheia de crianças não é tarefa fácil”, brincou, lembrando que a acolhida e a interação entre as crianças foram muito boas.

“Muito se fala de inclusão, mas temos que trazer esse discurso para a prática. Visitando uma unidade assim as crianças vivenciam que o colega é igual a elas, que também brinca e aprende”, afirmou. Jaqueline explica que depois da visita as unidades mantêm a parceria. “Mandamos cartas e trocamos joguinhos, por exemplo. É uma experiência muito rica para todos”, relatou.

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, destaca a importância do selo. “A Unesco é uma organização internacional que foi criada após a Segunda Guerra Mundial, com o objetivo de contribuir para a paz e segurança no mundo, através da educação, da ciência, cultura e comunicações”, disse.“Este selo, nosso primeiro na rede, nos enche de alegria e a certeza de que estamos no caminho certo”, definiu a secretária.

Para a superintendente de Gestão Educacional, Elisângela Mantagute, a conquista é reflexo de um amplo trabalho realizado pela rede municipal de ensino. “Questões de inclusão são tratadas com muita atenção e seriedade na rede”, disse.

 

O que é o PEA

O Programa de Escolas Associadas (PEA) da Unesco foi criado para estender os objetivos dessa organização mundial, no pós-guerra, ao campo da Educação e hoje está presente em 130 países. O Brasil é um dos signatários da criação do PEA.

O objetivo fundamental é criar uma rede internacional de escolas que trabalhem pela ideia da cultura da paz.

Toda unidade escolar associada recebe um certificado internacional de escola membro e tem o direito de utilizar a logomarca do PEA e do Ano Internacional em vigor. Pode receber também materiais eventual ou periodicamente produzidos pela Unesco e participar de concursos internacionais lançados com frequência pela Unesco e outras instituições a ela ligadas. Por diversas vezes, estudantes brasileiros foram convidados a viagens internacionais, em função dessas atividades.

Outro benefício é participar de uma comunidade que trabalha pelo mesmo objetivo, troca informações, compartilha projetos e ideais, o que repercute positivamente nas escolas, que podem ampliar o trabalho pela cultura da paz.

Mais detalhes sobre o PEA estão na página oficial: www.peaunesco.com.br/

Contatos

Telefone: 41 3086.0957

Email: ouvinte@95fmcuritiba.com.br

Redes sociais